terça-feira, 28 de outubro de 2014

bahn.bonus

Quem me conhece sabe que eu procuro mil e uma maneiras de economizar aqui ou pelo menos nao gastar tanto ali. Maior ainda foi minha alegria ao receber um email da Deutsche Bahn (DB) (empresa de trens) comunicando a promocao da vez. O esquema deles de pontos funciona assim: qualquer um pode se cadastrar no sistema de pontos, o bahn.bonus. Todas as vezes que você compra passagens e avisa o número do seu cadastro (ou do seu cartao, caso você tenha), vc acumula pontos que podem ser trocados por prêmios (objetos, descontos ao alugar carros, passagens, etc.). Você também pode juntar pontos gastando com alguns parceiros da DB. Eu sempre viajo de trem entao acabo juntando bastante... a cada 1 Euro gasto vc ganha 1 ponto... eu já juntei alguns mil (consequências de um relacionamento a distância) e já troquei por passagens (geralmente por Bayern-Tickets). A promocao do momento permite que você ganhe 500 pontos jogando um joguinho mega besta: vc precisa encontrar bichinhos felpudos no meio de textos da DB com uma lupa e a cada duplinha que vc acha, vc ganha 2 pontos. O mais legal: vc pode jogar quantas vezes quiser até atingir 500 pontos. É o q eu junto depois de gastar 500 euros, mas me custou muito menos (10 minutos da minha vida). Se vc ainda n brincou, corre lá ;).






sábado, 25 de outubro de 2014

♥ Max Factor - Skin Luminizer Foundation ♥

Se cadastrar para receber a Newsletter da ROSSMANN para bloggers e se candidatar para testar produtos vale a pena. Esse fds fui recebida com um pacote surpresa (chegou durante a semana), e o q tinha dentro me deixou muito muito muiiiiito feliz: a Foundation Skin Luminizer da Max Factor! Achei a embalagem a coisa mais linda...


Não sou muito de passar base, foundation ou qualquer outro tipo de produto semelhante no rosto todo pq morro de medo de ficar parecendo essas pessoas com massa corrida, como se estivessem usando uma máscara. Acho péssimo e sei que produtos bons geralmente são muito caros (minha irmã usa sempre uma maravilhosa da CLINIQUE). Bom, eu tenho uma aqui em casa para momentos de emergência ou para a night, mas não acho lá aquelas coisas. Fui correndo provar, testei primeiro na mão:


O aplicador/dosador é muito prático, consegui colocar exatamente a quantidade que queria sem fazer meleca:


Também achei a consistência ótima. É muito fácil de espalhar, o creme não é nem muito grosso e nem muito líquido. Uma pequena quantidade cobre uma área bem grande. No sol dá pra ver que a Foundation tem uns brilhinhos muito suaves, que realmente dão um efeito de iluminação (não deu pra pegar com a câmera "ótima" do celular):

 

A cor natural ficou muito clara na minha mão, mas como a pele da mão geralmente é mais queimadinha mesmo, não encanei muito e fui logo fazer a maquiagem do dia para ficar com uma carinha mais saudável (ainda mais pq foi dia de almoço especial huhuhu). A Foundation tem uma cobertura ótima e não ficou nada artificial. Ameiiiiiiiiiii o resultado!

Nem na luz do dia chuvoso de hoje (aquela que mostra até o poro do poro) dava pra ver que eu estava com o rosto bem coberto (meu namorado teria soltado um comentário, já passei por isso com a foundation que eu já tinha em casa: "Lindinha, essa maquiagem se acumula no canto dos olhos e evidencia seus pés de galinha")... A pele ficou bem homogênea e meu namorado disse: nossa como você tem a pele bonita (ou seja, o produto é bom mesmo.. ou ele percebeu que me empolguei com o presentinho novo e resolveu agradar, mas acho que está mais pra primeira opção mesmo).

Fiquei mais feliz ainda ao descobrir que a belezinha não é cara... por 15 eurinhos você compra um vidrinho. EEEEEEEEEEEEEEEEeee!

Arbeitszeit... (sentimentos mistos)

Eu não posso escrever sobre como funciona o horário de trabalho na Alemanha pq não existe um padrão (como em qualquer lugar no mundo). Depende do q vc faz, de onde trabalha, do seu contrato... mas do meu eu posso falar com toda a autoridade! O problema é que depois de 10 dias eu ainda não sei o q penso... sentimentos mistos (nossa, que novidade Lívia... "eu odeio ser bipolar, é td de bom!")...

Para esclarecer um pouco a minha confusão (e quem sabe depois da análise descobrir a resposta), vou fazer um Zusammenfassung (resumo) dos meus horários de trabalho durante a vida até o dia de hoje. Vai que eu aprendo a valorizar meu horário atual...

2003 - primeiro emprego durante as férias em uma loja cara de perfumes e sabonetes artesanais no Shopping: 9:00 - 18:30 durante a semana, 13:00 - 20:30 nos fins de semana (folga de segunda) - não era bom mas não era infernal, no auge dos meus 16/17 anos achei legal, hoje sei que é bem "fazível" mas não ideal: acaba com as refeições especiais de fim de semana com namorado, familia ou amigos (e eu preciso desse momento gordo, principalmente com o namo)

2004 - primeiro emprego de verdade, em um help-desk internacional de uma multinacional (atendendo o telefone e ouvindo reclamação de gente "bem humorada" o dia todo) das 14:00 - 22:00 (2° turno) no esquema 6x2 (trabalha 6 folga 2). NEVER AGAIN! A pior coisa do mundo é trabalhar nesse esquema. Você  raramente tem o fim de semana livre e não consegue programar nada com as pessoas nem durante a semana (pq depois das 22:30 ninguém quer fazer nada, todo mundo trabalha na manhã seguinte, menos vc)

2009 - estágio em uma multinacional durante o intercâmbio começando junto com o pessoal da produção do 1° turno, ou seja, antes das 6:30 da manhã (35 horas por semana): 3 e pouco da tarde eu já ia pra casa, academia ou curso de alemão... o dia rendia que era uma beleza e eu tinha banco de horas, ou seja, juntava tanta hora extra (tinha muito trabalho) que sempre tirava dia livre pra estudar, viajar ou descansar... horário e carga de trabalho perfeitos!

2010-2012 - trainee junto com o mestrado na empresa de 2009, mesmo esquema de horário (mega cedo) mas com uma carga reduzida por ter aula e curso de almão. Eu acho que nessa época dormia umas 6 horas por noite no máximo (e 12 por noite nos fins de semana). Eu trabalhava sempre que tinha livre, ás vezes cedo, às vezes mais tarde, às vezes meio período e durante minhas férias do mestrado no mesmo esquema de 2009. Loucura loucura loucura... Algumas pessoas do curso de alemão me chamavam de "Zombie" (juro). Não sei se aguento a pedrada mais uma vez...

2012-2014 - primeiro "emprego de verdade" em uma outra empresa alemã. Horário clássico de trabalho 8:00 - 17:00 (40 horas semanais). Com banco de horas e viagens esporádicas por causa de auditoria... um sonho! Eu tinha muita energia durante a noite para fazer academia, sempre tinha horas no banco para sair mais cedo na sexta e tirar alguns dias livres a mais no ano... muitooooooo cooooollllll (se não fosse o chefe, a empresa, as tarefas e o resto).

No emprego novo estou na empresa de 2009 e 2010-2012, mas através de uma outra empresa. Eu tenho um contrato de 40 horas semanais, mas 45 estão "abgegolten". Se você vai assinar um contrato na Alemanha, preste atenção no parágrafo sobre Arbeitszeit e saiba que se esta expressão está presente, isso é uma m****. Pq? Pq isso quer dizer que eu tenho que trabalhar no mínimo 40, mas se eu trabalhar 45, não ganho hora extra. Essas 5 horas a mais por semana estão inclusas no pacote (e acredite, você vai acabar trabalhando mais que quarenta). Agora pense comigo: eu entro no trabalho 6:50 da manhã (demoro 50 minutos da minha casa até lá, logo saio de casa 6:00). Eu trabalho nove horas e pouquinho por dia... eu saio da empresa depois das 16:00. Lembrando que demoro 50 minutos para voltar, chego em casa quase 12 horas depois de ter saído. E no fim do dia não fiz hora extra. Só digo uma coisa: cansa.

Na quinta senti na pele que trabalhar assim não combina com vida social. Alguns amigos marcaram compromissos essa semana (estava com a agenda cheia de segunda até quinta, sexta viajo pra casa do namo então não conta). Fiquei doente e resolvi ficar em casa, mas na quinta estava me sentindo quase "fit" e fui tomar chá na casa de uma amiga (19:00 - 21:00). Depois andei mais meia hora até minha casa, tive que arrumar o apê, tomar banho, arrumar tudo para o dia seguinte, e quando vi já era 23:00. Quase morri ontem com o despertador gritando no meu ouvido 5:20 da manhã (acordei com lágrimas nos olhos). Imagina de eu tivesse ido em todos os compromissos? Todo mundo marca compromisso depois das 19:00... o negócio vai ser fazer uma academia logo depois do trabalho e uma vez por semana marcar algo conm alguém (de prefêrencia na quinta pra não ficar com a semana toda zoada). Lívia, a zumbi anti-social, modo "ON".

E lendo o post cheguei a conclusão de que o melhor horário de trabalho é das 8:00-17:00 ou das 7:00-16:00 (40 horas semanais) com banco de horas. Quando eu for trocar de emprego novamente (espero que não tão cedo), preciso reler esse post... sério.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Mannheim, sua linda!

Hoje na hora do almoço aproveitei para puxar conversa com um estagiário que começou a trabalhar lá no departamento e na firma dois meses atrás. Como sempre, perguntei se ele era da região e ele todo orgulhoso: "Nãoooooo nãooo". Perguntei se ele não gosta de Mannheim e ele me respondeu: "Mudei pra cá por causa do estágio, aluguei um apê e depois de uma semana já tinha arrumado alguém pra passar o apê pra frente e sair daqui rápido...". Mensagem entendida: não, o coleguinha nao gosta daqui e passa entre 3-4 horas do dia dele sentado no carro para continuar morando longe (são "só" 6 meses mesmo, segundo ele).

Eu percebi o quanto amo Mannheim nessa hora... como assim ele odeia essa cidade? Ele ficou tão inconformado com o fato de eu falar que adoro morar aqui, que precisei explicar os motivos da minha simpatia por Mannheim. Não é selbstverständlich (óbvio)???!!!

Usando as desculpas:
- estou com o nariz trancado e preciso de "frische Luft" (ar fresco) sempre que dá (para respirar melhor)
- não estou praticando muito esporte mas comendo como uma louca e preciso queimar calorias
- minha carteirinha para o transporte público fica pronta só em 10 dias e cada viagem trabalho-casa me custa quase 2 euros (e eu sou mão de vaca)
resolvi voltar a pé para casa e aproveitar o passeio para apreciar a cidade e lembrar o pq desse meu amor por uma cidade normal e - ao meu ver - só levemente "azi". Muitos reclamam da sujeira, da % de estrangeiros e pessoas da classe baixa, violência, etc... eu acho que essas pessoas só conhecem duas cidades no mundo: Munique e Mannheim (aí fica difícil comparar mesmo né?). Depois de nove km de caminhada (com sapato social e joelho podre) eu reafirmo: Mannheim é linda, sim! Até tirei algumas fotos do meu "passeio":




E chegando em casa revirei meus arquivos e achei uma pastinha chamada "Goodbye Mannheim". No meu último dia aqui (no fim do mestrado) eu não sabia se voltaria alguma dia para "Monnem" (Mannheim no dialeto daqui). Para registrar alguns lugares, passei o fim da tarde caminhando e fotografando a cidade que me acolheu carinhosamente nos meus primeiros três anos de Alemanha. Aqui algumas fotos do arquivo (Setembro de 2012):














Agora me diz: dá pra não amar?

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Bolsinha de Patchwork Dupla-Face 2.0 #D.I.Y.

Eu já tinha feito uma bolsinha dupla-face de patchwork para dar de presente e percebi que minha amiga alema que foi presenteada deu toda a atencao para a bolsa e nao ligou muito para o conteúdo (lenco de pescoco da edc). Esse negócio de fazer o presente você mesma faz muita diferenca (aqui eles dao muito valor para coisas artesanais, provavelmente pq todo mundo sabe fazer e logo entende o trabalho que dá). Por isso resolvi aproveitar meus paninhos para fazer uma bolsinha dupla-face para uma outra amiga que trinta essa semana. Meu namorado me disse que estou sendo repetitiva, eu diria que estou aprimorando a técnica e a qualidade, além de ter feito um pattern diferente:



Ficou tao linda (segundo meu namorado mais bonita que a outra) que quero ficar com ela pra mim.... Aiiii como é difícil fazer presente pros outros! Tomara que ela goste.


domingo, 19 de outubro de 2014

A que ponto chegamos

Ontem, quando estávamos cozinhando a sopa de janta e eu parti uma laranja ao meio, meu namorado me lembrou de um episódio muito engraçado que aconteceu no meu último emprego e eu resolvi escrever o post antes que eu esquecesse. Foi mais ou menos assim:

Todos os funcionários do departamento e do andar estavam reunidos na cozinha para uma confraternização (não sei mais se aniversário ou o q). As conversas variavam entre o tempo, esporte e informações sobre as guloseimas que estavam sendo consumidas. O pessoal lá sempre levava fruta e eu resolvi comer uma laranja. Descasquei, abri a laranja e logo comentei com uma amiga do departamento (essa eu posso chamar de amiga, mas lembrem-se, seus colegas de trabalho são geralmente apenas colegas, aqui essa separação é levada à sério rs):

Eu: - Mimi, acho tão engraçado e tão prático o fato de não encontrar sementes nas laranjas aqui na Alemanha..."

Mimi: - Mas Lívia, laranja não tem semente! (e me olhou com uma cara de: nossa que inocente e ignorante)

Oi??! Laranja não tem semente? Certeza que eu q não fui pra escola?? Acho que o mundo está perdido mesmo... Mas coitada, acho que ela nunca viu uma laranja com semente... Aqui está a minha laranja de ontem... sem semente, claro, pq laranja não tem semente né gente?


Schön für mich Box - ROSSMANN

Sábado também foi dia de buscar mais uma surpresa boa, a famosa Schön für mich Box (SFMB) - caixa surpresa de cosméticos e produtos de higiene pessoal da ROSSMANN.


Para quem não conhece é assim: uma vez por mês você pode participar de um sorteio das caixas SFMB através da página da ROSSMANN. Eu participo do sorteio todo mês desde maio (na minha época de desemprego e tédio descobri as famosas caixas de produto, incluindo essa) e em Outubro finalmente ganhei. Quando você ganha, eles te avisam por email que mandarão um cupom por correio nos próximos dias para que você busque a caixa do mês na filial que você cadastrou. O meu chegou no começo dessa semana mas como cheguei sexta bem tarde em Augsburg, fomos buscar só ontem.

Você paga 5 euros pela caixa e não sabe o q tem dentro (na verdade eu sabia pq li blogs de alemãs que buscaram a caixa antes e já haviam postado o conteúdo). Das duas uma: ou você deu sorte e encontra coisas úteis dentro, ou você vai se irritar pq jogou 5 euros fora e procura pessoas para doar os produtos. Eu dei sorte! Adorei os produtos da caixa e só não achei utilidade pra um deles. E aqui vão os meus mais novos babys:

- Creme anti-aging para a região dos olhos (muito útil, o meu da nivea está acabando mesmo e eu não posso ficar sem, ainda mais depois de ter sido chamada de velha):


- Creme para uniformizar a pele (contra estrias, manchas, cicatrizes e afins, tenho tudo isso rs, vai que funciona né? A esperança é a última que morre...):


- Espuma para banho de extrato de baunilha com óleo macadâmia (admito que quase experimentei o sabor, dá vontade de comer):


- Gel de limpar o rosto (o meu está acabando huhuhu):


- Dupla de sombras (as cores mais básicas do mundo, amo):


- Rímel (nunca usei dessa marca, geralmente compro mais carinhos, mas será uma ótima surpresa descobrir que posso gastar menos e obter o mesmo resultado, oremos para que seja bom):


- Perfume Yoppy Sexy Glam (o produto para o qual não achei utilidade.. além de já ter muitos vencendo aqui em casa, achei o cheiro muito intenso para o dia e quase não saio a noite... ou seja, vai virar presente):

Aí você me pergunta: "mas Lívia, pq vc arrisca gastar esses 5 euros e correr o risco de só receber coisas inúteis? Não era melhor gastar os 5 euros em produtos que vc quer?". Não gente, na minha cabeça não vale... Primeiro que a expectativa de saber o q vem na caixa é parecida com a de abrir presente desconhecido no natal (sim, meu lado criança ainda me acompanha e continuará me acompanhando por muito tempo). Segundo que o valor dos produtos da caixa ultrapassam MUITO os 5 euros (procurei os produtos da caixa que ganhei e gastaria mais de 30 euros para comprar tudo). Terceiro que acabo experimentando coisas que nunca experimentaria pelo preço original (e a gente sempre acaba comprando as mesmas coisas né?).

Criança está feliz!

sábado, 18 de outubro de 2014

PAYBACK

Sim, eu estava com tempo + tédio e postando frenéticamente. Não, não vou conseguir continuar nesse ritmo agora que comecei a trabalhar (yesssss, finalmente posso bater cartão e contribuo com meu suor para o sistema social e econômico alemão novamente huhuhu). Mas, porém, no entanto, não vou deixar de passar por aqui (esse tal mundo dos blogs é bem legal, curti rs). Por isso vim compartilhar a primeira alegria do fim de semana e deixar uma dica para quem ainda não participa do sistema de pontos PAYBACK (não é propaganda, estou apenas contando da minha primeira experiência positiva com o sistema deles).

Faz um tempo que me cadastrei no site deles e recebi um cartão deles por correio (na verdade dois, eles mandam um reserva). Todas as vezes que compro em lojas parceiras, mostro o cupom antes de pagar para juntar pontos (e deixei o cartão reserva com o namo para ele passar também, mas ele nunca passa). No site do PAYBACK é possível ativar alguns cupons eletrônicos para juntar pontos a mais na hora da compra, por exemplo hoje:
Gastei 26 euros na dm, mas como tinha uma promoção e ativei um E-Coupon "10x os pontos na dm", juntei 260 pontos no sistema deles.

Comecei com a graça de usar o cartão e juntar pontos no fim de maio. Semana passada, como estava com mais de 1000 pontos (na verdade não é muito, mas só compro o que preciso, independente dos pontos), resolvi testar se vale a pena juntar os pontos gastando alguns. Vivo folheando livros de receita nas livrarias, acho todos lindos, mas não compro por ter vários em casa (alguns nunca usados). Acontece que se posso comprar um "sem gastar dinheiro" (só gastando pontos), pq não né? Achei um livro interessante no site da PAYBACK por 999 pontos e encomendei (vi que ele custa 20 euros, me soou um bom negócio).

No meio da semana meu namorado me avisou: "chegou pacote pra você!". Quando cheguei ontem em Augsburg fui correndo abrir e, tcharammmmmm, aqui está a linda surpresa;


O livro é lindo e tem receitas suuuuper legais (estou até desconfiada se ele realmente é um livro para dieta, tudo parece muito bom!). Pronto, me dei um presente sem gastar nada. Tá, gastei nas lojas parceiras da PAYBACK, mas eu sempre compro no REWE e na dm mesmo, então saí no lucro...

Agora não saio de casa sem o meu cartãozinho e não vejo a hora de ter pontos para me presentear mais uma vez:


Agora a louca vai fazer o cartão concorrente (pq eu também sou fã do EDEKA e Marktkauf): o DeutschlandCard.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

O primeiro a gente nunca esquece...

Hoje eu acordei 6:30 da manha, horário que meu chefe me ligaria caso eu pudesse trabalhar hoje. Eu levantei, lavei o rosto com a água mais gelada do mundo e até passei maquiagem por cima dos cremes anti-rugas. A preguica e os olhos semi-abertos nao me permitiram colocar as lentes de contato, mas peguei meu óculos favorito. O telefone nao tocou entao passei a manha comendo (como se isso fosse adiantar alguma coisa) e carregando o celular comigo pra todo lado (do banheiro pra cama, da cama pra cozinha e da cozinha pro sofá, que fica ao lado cama que fica ao lado do resto... eu moro em um apErtamento).

Agora eu sei, está tarde, meu chefe nao vai ligar. E se ele ligar vai ser pra me avisar que amanha me cedo me liga de novo. E eu sei que se eu acordar 6:30 amanha, ele nao vai ligar antes do meio dia novamente. E se eu colocar o despertador pra mais tarde ele vai me ligar 8:00 da manha e eu só vou conseguir chegar bem mais tarde pq moro longe e preciso de no mínimo meia hora para me arrumar (sem tomar café da manha). Mas tudo isso nao tem importância... eu estou esperando faz 10 dias, posso esperar mais um né? Sabe o q mais poderia demorar? A aparicao dos cabelos brancos...

No meu tédio, fui arrumar o meu cabelo (ou melhor, prendê-lo, pq ele acordou no modo Poodle - como diz meu namorado carinhosamente, e a chapinha gasta energia e tempo e vai ficar na caixa até o próximo evento importante). O tédio nao tardou a virar tristeza: achei o terceiro fio de cabelo branco.

O primeiro fio branco a gente nunca esquece, eu até fotografei o meu pra mostrar pro namorado (e o arranquei instantânea- e violentamente). Foi no comeco desse ano, provavelmente consequência do período estressante chamado de aviso prévio (pq eu ainda sou jovem demais pra essas coisas). O segundo apareceu logo depois, mas sumiu mais rápido ainda (pra esse nao deu nem tempo pra foto, vi e puxei sem nem pensar). E o assunto foi esquecido. O susto do primeiro fio de cabelo branco era uma vaga memória, de um tempo muito distante (uns 9 meses atrás... rs). Aquele tipo de coisa que a gente nao gosta de lembrar... mas hoje nao teve jeito!

Eu até quis culpar o stress desse início de emprego (q nao comeca direito nunca!), mas vamos cair na real, eu estou quase trintando. Minha mae na minha idade tinha 3 filhas, casa própria (e mil parcelas pra pagar), rugas e cabelos brancos. Eu estou no lucro, tenho só as rugas e os cabelos brancos. Pensando bem, até que nao é tao ruim assim, talvez seja esse o incentivo que falte na minha vida para que eu comece a pintar as madeixas, fique com o cabelo mais ressecado ainda e compre hidratantes decentes.

Eu falei que o primeiro fio branco a gente nunca esquece né? Agora deixei a história do terceiro registrada... nunca me esquecerei dele também.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Autocontrole

Ser mao de vaca exige disciplina e MUITO autocontrole. Eu tenho tempo livre (sim, minhas férias forcadas foram prolongadas) e estou sozinha em uma cidade que tem um centro cheio de lojas legais (eu morava em um Dorf entao garanto: Mannheim tem muitas lojas legais e pra todos os gostos). Eu resolvo bater perna (pq né, a Lívia é hiperativa e nao basta tomar um pouco de "frische Luft"/ar fresco no banquinho perto do prédio, a menina precisa mexer esses cambitos) e nada melhor que ir até o centro da cidade para me sentir überfordert (sobrecarregada) e cansar, garantindo assim uma noite de sono um pouco mais tranquila (espero eu). É longinho (5 km só ida), tem muito movimento e muita gente (cansativo) e lá tem muita coisa pra paquerar (repito: coisas, nao gente).

E ao pegar a bolsa pra sair de casa comecou a mao de vaquice (pq esse mês to no prejú, entao tive que apelar mm): garrafinha de água e barrinha de cereal pra dentro da bolsa. Depois de uma hora de caminhada cheguei ao paraíso de quem quer e pode gastar (not my case) e no inferno das tentacoes de uma mao de vaca que vai receber um salário muito pequenininho no fim do mês e q já gastou horrores com mudanca e afins (quem vê pensa que gastei muito mm, me mudei de trem rs). Resumindo: eu fui passar vontade e testar o meu autocontrole.

Mas nao, nao basta olhar vitrine. Pra saber se vc é forte, vc tem que entrar nas lojas e olhar todas as pecas em promocao, descobrir várias que sao a sua cara e sair da loja de mao vazia. Hoje eu sei: eu sou mao de vaca MESMO. Amei uma blusinha de 15 por 5 euros (e olha que eu nao resisto à um "de x por x-1"), mas pensei: "o verao vai demorar horrores para voltar e vc vai acabar usando essa blusinha só em 2015... isso se vc ainda estiver desse tamanho, pq trabalhar engorda e vc nao vai mais praticar tanto esporte". Pronto, larguei a blusinha e fui para a próxima loja: uma de sapatos. Eu preciso inclusive escrever a dica aqui caso alguém passe por Mannheim (e por aqui também rs): Schuh Outlet no centro da cidade, endereço: H1 nr. 8. Sapatos de marca por pouquíssimos euros (lembre-se: eles só aceitam pagamento em dindin vivo, nada de EC-Karte). Eu tinha esquecido como entrar nessa lojinha desperta o lado consumista louca de qualquer mulher. Eu achei 5 sapatos que eu "preciso", e mesmo o que estava 25 euros (um sneaker da Esprit, coisa mais confortável e - segundo meu namorado - "hipster" do mundo) acabou ficando por lá mesmo. Vou sonhar com aquele mocasin azul e com aquela bota bordô hoje... e vou acordar chorando por nao ter trazido nada pra casa...

Saí da loja com tudo coçando.. maos, pernas, pés... e decidi que era hora de voltar pra casa... O negócio já estava beirando o masoquismo. E nessa hora agradeci por ter colocado aquela bendita barrinha de cereal na bolsa: era cheiro de McDonalds, Bretzel e Pommes pra todo lado. Fui mais uma vez forte e engoli aquela barrinha "deliciosa" de baixa caloria. Hmmmmm. A garrafinha (com água de torneira) ficou vazia em 10 minutinhos e eu estava com energia para voltar os 5 km andando pq né, dá pra economizar 1,80 e ainda fazer  exercício do dia... kostenlos ("de grátis")!

Chegando aqui me dei o luxo de passar no supermercado e comprar café da manha, almoco e janta para os próximos três dias pra garantir que nao vou comer na rua. Os bolos da Bäckerei na entrada do supermercado sorriram pra mim, todos, mas eu lembrei que tenho abacate e manga em casa e me contive pela milésima vez no dia.

E se vc se pergunta: "como é q ela consegue", aqui vai a resposta: eu mm nao sei, só sei que estou extremamente orgulhosa de mim :)

Agora deixa eu comer aquele abacatinho maduro pensando no bolo de morango que eu nao comprei e nao comi...

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Sopa cremosa de abóbora (moranga)

E as caixinhas de morangO sumiram e foram substituídas por morangAs (abóboras)... o céu fica a maior parte do tempo cinza e minha pele já começou a desbotar... Então eu e o namo decidimos aproveitar o legume da vez e fazer sopa de janta (combina muito com esse tempinho xoxo). Modifiquei a receita de um livro (por não ter todos os ingredientes em casa) e a sopa foi só sucesso. Sharing:

Ingredientes (4 pessoas):

- 1 cebola pequena
- 1 colher de sopa de óleo
- 1 kg de abóbora (conhecida como moranga ou em alemão: Kürbis) (ps. 1 kg já tirando o miolo e sementes)
- 1 litro de caldo de legumes
- 300 ml de leite de coco
- chili, pimenta e sal à gosto
- 2-4 colheres de semente de abóbora
- parmesão ralado

Lave bem a abóbora, divida ao meio e retire o miolo/sementes com uma colher. Pique a abóbora em pedaços pequenos (quadradinhos 3 x 4cm.) (com casca mesmo!). Pique a cebola em mini quadradinhos e frite no óleo. Adicione a abóbora picada e frite por mais uns 4 minutos (fogo médio). Adicione o caldo de legumes e assim que começar a ferver, abaixe o fogo e tampe a panela. Cozinhe até a abóbora ficar macia (aproximadamente 25 minutos). Na própria panela bata tudo com o mixer até obter um creme homogêneo. Agora adicione o leite de coco. Cozinhe por mais 5-10 minutos. Adicione chili, pimenta e sal à gosto. Na hora de servir: toste as sementes de abóbora em uma panela e jogue por cima da sopa. Polvilhe com parmesão ralado e se delicie :)


sábado, 11 de outubro de 2014

Ritter Branco - Lancamento

Eu fiquei a semana inteira esperando o fim de semana para buscar um pacote no correio... Mais uma vez fui aceita para participar de um teste de produto, dessa vez algo MUITO a minha cara: chocolate branco (amo amo amo amoo mais q choco preto...).

Acordamos, tomei banho e mesmo antes de tomar o café da manha (mesmo pq já era quase meio dia rs) buscamos o pacote com as caixinhas da alegria:


Lívia gorda e feliz!

Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de chocolate branco... e de graca? Ritter e trnd (site no qual me inscrevo para testes): eu AMO vcs! 

Assim que abri o pacote comecei a provar. Sao três sabores:

- Nuss-Mandel-Krokant (favorito do namo)
- Latte Macchiato (namo odiou, eu achei bonzinho)
- Karamell Nuss (definitivamente meu favorito):

Karamell Nuss, o campeao :)

Ganhamos 4 caixas de 176 g com 22 unidades cada (valor no supermercado: 2,50 euros por caixa). Os chocolatinhos sao bem pequenos e eu nao consigo comer um só (comi um de cada, ou seja, três, para matar a vontade de doce depois do almoco...). Como alemao nao é muiiiito chegado à doce, creio que uma unidade com café para adocar a boca basta.

Esse definitivamente é um teste que valeu a pena, agora espero que que eles também oferecam os sabores separadamente (pq nem eu e nem o namo compraríamos Latte Macchiato).

O fds comecou docinho docinho :)

ps. para quem se interessa por testes de produto para conhecer coisas novas em troca da colaboracao na pesquisa de mercado / marketing, super recomendo o site da trnd... essa é a segunda experiência positiva que faco com eles (e nao, nao recebi nada pra falar isso aqui... é só pq me divirto e acho q outras pessoas podem gostar de participar tb...).

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Limites

Gente, eu sou boazinha e ajudo as pessoas gerne, mas nao me pecam pra ajudar quando se trata de dinheiro (a nao ser q vc seja meu pai, mae ou irma).

Uma coisa que a gente aprende desde pequeno (ou pelo menos todos deveriam aprender) é que nao se empresta dinheiro, muito menos para desconhecidos. Eu nao tenho problema nenhum em pagar algo para algum amigo e ele me dar o dindin depois (quando se trata de um almoco, um presente, 20 euros aqui ou acolá), mesmo pq se a pessoa esquecer de me pagar (ou fingir que esqueceu) eu vou cobrar o dinheiro de volta (preciso falar que sou chata com dinheiro ou o nome do blog diz tudo?). E nao interessa se a pessoa ficar brava ou sem graca, eu peco de volta mesmo. Fora isso, sou legal :).

Mas eu fico de cara quando você oferece a mao e a pessoa quer o braco. Digo isso pq estou em várias comunidades do facebook onde dou conselhos (de acordo com meus conhecimentos ou experiências pelas quais passei) e até troco mensagens privadas com alguns membros da comunidade que precisam de ajuda específica. Também já fui beneficiada e ajudada por pessoas desconhecidas que, assim como eu, fazem o bem na medida do possível (entao acho justo).

Acontece que uma pessoa q está no Brasil e e vem pra cá no fim do ano me pediu um favor que envolve euros. Ela me conheceu em uma das comunidades do facebook e perguntou se eu posso fazer uma Überweisung (transfêrencia pra pagar uma conta) pra ela, ela me daria o dinheiro quando chegasse aqui. Tentei ser educada na hora de responder e espero do fundo do coracao que ela nao tenha se ofendido ou ficado chateada, mas a resposta foi clara e rápida: "sorry, sou chata com essas coisas de dinheiro". Eu ainda expliquei pra ela sobre outras possibilidades (para q ela pagasse quando chegasse aqui) e ofereci ajuda com a leitura de algum contrato ou coisa e tal... só que eu sou uma pessoa MUITO sensível quando se trata de dinheiro... sorry querida, mesmo!

ps. eu NUNCA pediria para um desconhecido me emprestar dinheiro... sou eu a estranha??


quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Perfume HILFINGER

Mais um frasquinho de amostra grátis que acabou (até o fim do ano acabo com o estoque) e que merece ser registrado para uma futura compra: "Hilfinger" (da Tommy Hilfinger :P). Achei o cheiro meio unissex (tipo CK1 mas mais doce e menos refrescante, um pouco mais forte também)... Pena que no frasco nao dava pra identificar qual dos Hilfingers que é (achei vários, com sub-nomes). Quannnndo eu acabar com todos os que tenho (vai demorar tipo uns 10 anos) tento descobrir. (e quem sabe nao descubro outros interessantes).. É muito pouco tempo de vida pra muitos cheiros bons.


CappuKino

Contei no post passado (tipo 5 minutos atrás) que estou de férias forcadas e sozinha. Resolvi fazer um programa bem minha cara (jeca do mato anti-social) e fui no cinema na sessao: "CappuKino". Na verdade vi na net o q está passando de bom e quais as promocoes (típico) e nao resisti:

- sessao em um horário bom, 14:30 : nem muito cedo, nem muito tarde, dava pra ir a pé e fazer a caminhada do dia
- tempo chuvoso e nublado (perfeito pra filme) mas nao estava chovendo na hora de ir (e por sorte nem na hora de voltar)
- preco camarada (Lívia pira) incluindo café e bolo maravilhoso de cereja (Lívia gorda)
- filme interessante para se ver sozinha: namo NUNCA iria pagar para assistir Philomena (e eu curto um drama cheio de conversas inteligentes)

E eu fui, sozinha e feliz:

Fiquei levemente decepcionada ao descobrir que o café com bolo eram servidos antes da sessao, e nao durante, mas estava tudo bem gostoso. Também virei atracao, a faixa etária dos meus coleguinhas era no mínimo 80 e, fora os acompanhantes dos grupos de idosos, eu era uma das poucas sem bengala ou carrinho para andar. As senhorinhas sorriam curiosas e uma mulher até apontou e soltou um: "olha, uma pessoa jovem" (e pensar que as criancinhas me chamaram de velha poucos dias atrás... aaaa a teoria da relatividade fazendo bem para o meu ego). Linda a vózinha, quase trouxe pra casa. Depois vi dois ônibus na saída, era excursao de asilo (bem legal).

Gostei muito do filme (tirando a dublagem alema, que sempre é broxante) e a tarde voou... será que repito a dose amanha? Tem "Sein letztes Rennen" no mesmo horário do de hoje por um precinho aceitável... mal schauen (já que nao posso contra Murphy, vou aproveitar as férias forcadas!)...

Zwangsurlaub

Eu sabia que estava tudo bom demais pra ser verdade...

Tenho um emprego desde o dia primeiro de outubro mas estou de férias forcadas até sexta (Zwangsurlaub). Existe isso? Existe... Funciona assim: sua empresa diz que a empresa onde vc prestará servicos fez besteira no departamento de compras e que vc, por causa de um erro deles, só poderá comecar dia 13. O primeiro dia eles tinham me dado para a mudanca, o segundo foi Einarbeitung ("introducao") na empresa prestadora de servicos (a empresa com a qual tenho contrato), o terceiro foi feriado (uhuuuul), o quarto foi home office pq faltava uma Genehmigung/Autorizacao (outro erro do departamento de compras), o quinto estava sendo home office mais uma vez pq o erro ainda nao havia sido corrigido... e eu firme e forte lendo o material do Einarbeitung que eles me passaram. Teoricamente estava tudo certo para comecar hoje, mas ontem a tarde recebi um telefonema mega desagradável: "Perdao Frau Mao de Vaca, mas vc só pode comecar na segunda, dia 13... deu um outro probleminha com nosso cliente". Até aí tudo bem, tenho bastante material para ler e, apesar de estar sozinha na cidade nova ao invés de estar com o namo (dava pra fazer home office da casa dele tb, mas já tinha comprado os tickets com antecedência pra economizar), poderia continuar trabalhando de casa.

Maaaaas a empresa cliente (onde eu trabalharei) só pagará pelas horas trabalhadas a partir do dia 13 (o q faz sentido), entao a minha empresa me liga e pede pra mudar meu contrato... mudar para o dia 13 também. Opa opa opa coleguinhas, pera lá! A proposta foi absurda e logo expliquei pq nao dava pra fazer isso. Mudar a data do meu contrato me traria MUITO prejuízo:

- eu aluguei um apê a partir do dia 01. (e estou pagando por ele desde entao)
- eu ficaria com um GAP de duas semanas no meu seguro saúde (teria que pagar do meu bolso), na minha aposentadoria, e em outros seguros
- eu teria que avisar o departamento de estrangeiros (e n quero mexer naquilo que está certo, deu um trabalhinho conseguir o visto e saiu bem caro)
- eu teria trabalhado de graca os primeiros dias
- eu n conseguiria abater vários gastos desse período do imposto de renda (por exemplo os tickets de trem - Fahrtkosten)

Portanto nao, querida empresa do meu coracao, essa opcao nao rola!

Bom, aí veio a sugestao deles número dois: eu gasto minhas férias, 4 dias, de terca a sexta. Tb nao gostei, primeiro pq terca trabalhei, segundo pq gastar 4 dias de férias pra ficar em Mannheim sozinha nao fazendo nada nao é algo que me deixa feliz (eu poderia usar esses dias para viajar com o namo), terceiro pq eu preciso desses dias no fim do ano entre natal e ano novo (a firma fecha e todos sao obrigados a gastar férias).

Sugeri uma terceira opcao: 3,5 dias de férias nao pagas, ou seja, 3,5 dias de férias sem receber $$ mas também nao preciso gastar dos 30 dias anuais. Depois de desligar e me deixar esperando por duas horas, o chefe retorna: "Ok Mao de Vaca, nós somos flexíveis e aceitamos a sugestao". Ahh claro, eles sao flexíveis (eu até agradeci pela flexibilidade "deles"). Mas né, foi assim, eu sendo injusticada e eles "fazendo um favorzao" pra mim.

Fiquei tao estressada que larguei todo o material que recebi pra estudar e fui fazer as contas se valia a pena voltar na hora pra casa do namo ontem mesmo, mas quando vi que perderia 85 euros, desisti. Ele até ofereceu pagar as passagens... mas lá iria ficar os três dias sozinha no apê (tá, jantaria e dormiria com ele, mas nesse meu "bom" humor nao sei se isso faria bem pra gente... sou um perigo estressada). Resolvi ficar sozinha aqui em Mannheim mm e viajar na sexta com a passagem que já está comprada. Com o dindin posso "passear" pros lados de cá esses 3 dias...

E o q eu fico fazendo aqui sozinha? Lendo blogs.. e blogs... e blogs... e descobrindo novos "truques" pra próxima declaracao de imposto de renda (to arrasada por ter jogado várias notinhas foras), lendo sobre leis trabalhistas (inclusive sobre Zwangsurlaub e como calcular o reajuste do salário), batendo perna pela vizinhanca pra me familiarizar e comendo como se nao houvesse amanha (sehr gut Livia, o caminho para o ódeio próprio, ainda bem que vc ainda nao tem um espelho no seu apartamento novo).

Eu só queria dizer: obrigada Murphy, eu também te amo!

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Cupons de Desconto para Restaurantes

Imagine uma mao de vaca que larga o emprego e, nao querendo abrir mao de alguns prazeres, gasta o tempo livre procurando promocoes, testes de produto e outras formas de continuar aproveitando a vida sem gastar muito. Nessa minha busca nao teve como passar longe de um dos sites mais famosos de promocoes: o groupon. Eu sabia que minha irma faz compras coletivas em sites parecidos no Brasil, entao resolvi perguntar aqui na Alemanha para conhecidos se alguém já tinha comprado algo no site e se correu td bem. Descobri que várias pessoas sao clientes fiéis e nao ouvi uma reclamacao a respeito (sou bem desconfiada entao também li em vários fóruns sobre o site e os servicos). Conclusao: comprei meu primeiro cupom de descontos em julho para visitar as termas perto de casa e depois disso passei a procurar por promocoes interessantes toda semana (até me inscrevi para a Newsletter deles).

Depois de comprar e usufruir com sucesso tickets para as termas e para a academia, resolvi dar um passo a mais e comprei nosso primeiro ticket para comer fora. A promocao era bem interessante: mais de 50% de desconto para um almoco espanhol para duas pessoas. Nao conhecíamos o restaurante mas um casal de amigos me disse que adoraram, entao nao hesitei (e depois de conferir os precos no cardápio normal para ter certeza de que nao era pegadinha) e comprei o almoco com sobremesa por apenas 15 euros.

Olhamos as condicoes de validade do cupom e esse sábado fizemos o teste. Chegando no restaurante, o namo - meio desconfiado - achou melhor pedir mais alguma coisa além do menu do cupom (estava muito barato para ser verdade...). Olhamos o cardápio, tudo meio carinho, entao resolvemos pedir o menu do cupom mesmo e depois decidir (vai q a comida é ruim e cara né?). O restaurante estava mega vazio e na mesa ao lado (os únicos clientes além de nós), o casal estava com o mesmo cupom que a gente.

E nao é que, apesar de ser barato, nao era pegadinha?? A moca comecou trazendo um prato cheio de "pimientos" fritos para cada um (um tipo de pimentaozinho verde). Depois dois pratos com cinco almondegas cada e bastante molho de tomate e por fim duas tortillas (omeletes com batatas). Ainda bem que sempre sobra espaco para um docinho, pq o Gran Finale e o melhor do almoco foi o Crema Catalana (um para cada)... entrou definitivamente para a lista dos doces favoritos.

Cada um pediu um Apfelschorle grande e no fim, o mega almoco saiu por apenas 21 euros (uma pechincha pro tanto de comida e pela quantidade!). O negócio vale tanto a pena que já comprei o próximo cupom de restaurante que achei para a nossa cidade (prato para dois + sobremesa... viva a nossa dieta).

Infelizmente nao existem muitas opcoes do groupon para a nossa cidade (as cidades grandes como Berlin, Munique ou Stuttgart possuem bem mais promocoes) entao, ao invés de esperar promocoes novas, vou apelar para outro meio: o famoso livro de cupons de desconto conhecido como "Gutscheinbuch". Esse livro de cupons pode ser comprado por aproximadamente 17-20 euros (em livrarias ou online) e tem mais cupons do que você conseguirá gastar. Usando de um a dois cupons (dependendo da oferta) você já recupera o valor investido no livrinho e passa a ter lucro (quanto mais você come fora e gasta dinheiro, mais você economiza rs). É um super investimento para quem gosta de provar restaurantes novos em uma regiao (os livrinhos sao sempre regionais). Para os restaurantes, é uma oportunidade de fazer propaganda e conseguir novos clientes. To mundo fica feliz, meu bolso e minha barriga tb!

domingo, 5 de outubro de 2014

Criancas alemas...

Quinta foi o primeiro dia oficial de trabalho (primeiro dia foi quarta, mas home-office nao conta tanto, nao sintam-se ofendidos se vcs trabalham assim, mas acho diferente trabalhar com um chefe ou com colegas na sua frente), mas o q marcou meu dia foi a ida para o trabalho de trem, entao é sobre isso q vou escrever.

Lá estou eu, arrumadinha, sentada na maior paz do mundo no trem, quando de repente um grupo com mais de 50 criancas domina o vagao. Tres delas sentaram ao meu redor. No comeco eu fiquei prestando atencao na conversa e no comportamento delas (acho engracadinho, bonitinho e interessante) e até aí eu estava na minha zona de conforto. Enquanto a menininha na minha frente comia uma cenoura e implorava para conseguir trocá-la por uma bolacha de chocolate (a menininha ao meu lado tinha dois pacotes e estava se acabando de comer), a terceira (que estava na minha diagonal) ignorava a discussao das amiguinhas e me observava em silencio. Ela nao se aguentou e resolveu puxar conversa comigo:

Menininha indiscreta: "Oi, posso fazer uma pergunta para a senhora?"

Senhora??! Oi??! Vc está falando comigo pequena? Bom, só podia ser...

Eu: "Claro que pode." - seguido de um sorriso simpático para a mocinha ficar à vontade (e pelo jeito funcionou):

Menininha indiscreta: "Qts filhos vc tem, ou melhor, vc tem filhos?"

Que bonitinha, será que ela me achou com cara de legal e quer conhecer meus filhos? rs

Eu: "Nao tenho nao..."

Menininha indiscreta: "Mas algum dia vc quer ter criancas né??"

Eu: "Algum dia... sim..." - as amiguinhas esqueceram a troca de bolacha por legumes e resolveram entrar na conversa também.

Menininha indiscreta: "Mas quantos anos vc tem???!!"

Eu: "(apenas) 28" - o "apenas" eu só pensei mesmo...

Amiguinha mais indiscreta ainda: "Sóóóó?? Aaaa por isso que voce ainda nao tem filhos, parece muito mais velha.." - ela recebeu um tapinha da amiga por mim rs

Antes que viessem mais perguntas indiscretas com comentários que alegram o dia de qualquer quase balzaquiana, resolvi pegar as rédeas da conversa (ainda consigo fazer isso quando a conversa é com pessoas 20 anos mais novas...)

Descobri o destino dos tantos pimpolhos, a idade do mais novo da turma, a idade do mais velho (as meninas falaram com o maior ar de desprezo do mundo), falaram mal de alguns outros (sempre apontando indiscretamente para as vítimas) e me desejaram um bom dia de trabalho.

Conclusao: se vc está tensa, torca para encontrar uma ou um grupo de criancinhas curiosas e cara-de-pau... é entretenimento na certa! (ps. se vc acha os alemaes muitos sinceros, converse com uma crianca alema e tenha 100% certeza disso.)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Hauptwohnung / Nebenwohnung

Pois é... outubro chegou e eu me mudei para o meu novo mini "apertamento". Quando vc se muda para/na/da Alemanha, tem que ir no departamento da cidade nova se registrar ou cancelar o registro na cidade antiga (caso nao fique mais na Alemanha). O período para o registro é de 7 dias a partir da chegada na nova cidade. Eu, boa cidada que sou, fui no primeiro dia mesmo (hoje cedinho para reaprender a acordar cedo e nao pegar fila rs). Minha empresa me deu home-office no primeiro dia para que eu pudesse resolver minha vida no apto novo e na cidade nova (bonzinhos né?).

Se voce vai continuar com dois apartamentos como no meu caso (um durante a semana por causa do emprego e um no fim de semana onde mora o namo), voce registra o segundo apartamento mas no formulario preenche que vai continuar no antigo tambem (para eles nao tirarem seu registro na cidade antiga). Mas ai vem a observacao "quase" lógica: "ué, já que o seu namorado vai estar no outro apto, qual o problema de vc ficar registrada só na cidade nova?". Por um simples motivo: eu preciso dos dois registros caso queira abater as viagens de fim de semana pra segunda casa do imposto de renda (e depois de pagar muitoooo imposto voce passa a entender a diferenca que isso faz).

Quando voce registra duas moradias (ou mais), voce precisa indicar qual o apartamento principal (Hauptwohnung) e qual o secundário (Nebenwohnung). Faz diferenca?? Sim, faz. Isso influencia qual a cidade que vai receber seu imposto e pode influenciar o imposto que voce paga. Um bom exemplo é a cidade de Augsburg, que cobra um imposto de 10% do valor do aluguel anual de quem tem um Nebenwohnung  na cidade (se voce paga 400 euros de auguel "Kaltmiete", tem que pagar 480 euros no fim do ano de imposto pelo apto lá). Esse imposto de Nebenwohnung é lei local... se meu Nebenwohnung for em Mannheim, nao preciso pagar esse imposto pq aqui nao existe essa lei/taxa.

Aí voce pensa: "ahhh entao registra o Hauptwohnung em Augsburg e pronto!". Na teoria tudo lindo né? Pena que existem regras para vc registrar Haupt- ou Nebenwohnung e eu já tive problemas na minha última casa. A mocinha da cidade onde fui trabalhar nao deixou o apto de Augsburg ser o Hauptwohnung pq eu nunca tinha morado lá, nao tinha parentes na cidade e, na falta de motivo maior, o Hauptwohnung é o local onde voce passa mais de 50% do tempo, o lugar onde fica o Schwerpunkt (foco) da sua vida. Eu tentei explicar pra ela que o foco da minha vida nao era o trabalho e que meu "noivo" (namorado, mas dei uma forcadinha na hora) morava lá, que eu estava em Augsburg todo fim de semana. Nao interessa, meu pedido foi negado e decidi cancelar meu registro em Augsburg para nao precisar pagar o imposto do Nebenwohnung (as viagens de fim de semana e os Nebenkosten nao iriam fazer muita diferenca no abatimento do imposto por causa da taxa nova que seria gerada, e minha declaracao de imposto de renda ficaria mais complicada por causa de poucos euros no ano).

Dessa vez foi diferente. Faz sete meses que estou registrada em Augsburg e eu poderia tentar convencer o tiozinho do departamento de registros que o ponto principal (Schwerpunkt) da minha vida fica em Augsburg e nao em Mannheim. Poderia... mas resolvi ser mais esperta e me poupar o trabalho e a discussao (a qual eu provavelmente iria perder). Na hora de me registrar ele falou: "voce colocou aqui que vai continuar com o outro apartamento em Augsburg, quanto tempo voce passa em cada apto?". Eu expliquei que aluguei só um quartinho mobiliado aqui pois fica mais barato que hotel, que minha firma fica perto de Stuttgart e que só vou ficar dois ou três dias por semana em Mannheim. Pronto, ele carimbou! Se eu soubesse que era tao fácil teria feito isso da última vez também! Agora só preciso aprender a declarar "doppelte Haushaltsführung" certinho na declaracao de imposto de renda e guardar todos os comprovantes dos gastos que tenho aqui (inclusive de conta de água / luz etc.).

:)