sexta-feira, 15 de maio de 2015

Rota Romântica: Augsburg - Donauwörth (de bike)

Bom, hj é meu aniversário e eu, que nem gosto de planejar nada, reservei (um boooooom tempo atrás) quarto num hotel no Bodensee (#ai meu bolso!). Também defini a rota para darmos a volta pedalando de 14.05. a 16.05.: ponto de partida seria Lindau e de retorno também, tudo lindo e maravilhoso!! Até passamos o último domingo arrumando as bikes.

Aí chega São Pedro, que adoooooooora acabar com a graça da Livinha, e resolve derrubar água bem no dia 15 (no meio do passeio). Eu q não sou boba nem nada falei pro namo: cancela a reserva do Ibis pq pedalar com tempestade não é o melhor jeito de começar meu 29. ano de vida!

Pronto, problema resolvido... mas o q fazer na quinta e no sabádo com tempo bom?? Sábado é amanhã, então hoje a noite a gente decide, mas ontem resolvemos o problema indo pedalar pros lados de cá mesmo. Já haviamos feito um dos trechos da rota romântica ano passado (Augsburg - Landsberg) e resolvemos fazer a mesma coisa só q pro norte: Augsburg - Donauwörth.

Vi a rota no google, li alguns posts de gente que fez e peguei dicas em sites de bike. Pra quem pretende imitar: leva um mapa ou melhor, vai com um bom gps no cel, o caminho é em alguns trechos MUITO mal sinalizado.

O percurso: saindo do centro de Augsburg atravessamos para o outro lado do Lech pela MAN-Brücke e de lá viramos a esquerda e subimos em direção ao Donau no caminho para bike na margem direita do rio. Seguimos "reto toda a vida" por uns 40 km até a cidade de Rain (tem uma cidade chamada Münster no caminho Ana :P). Eu até ia falar que nessa primeira parte não tem erro, mas como fiz besteira repasso o conhecimento adquirido: existem duas pistas que acompanham o Lech nesses 40 km: uma para bikes beeeem próxima da margem, e uma paralela (cheia de barro e buracos) para carros/tratores: peguem a para bikes (quando tiver uma bifurcação com as duas pistas e você ficar confuso/a, pegue pra esquerda, vai por mim). O namo ficou bem bravo, pelo menos acho que andamos "só" uns 15 km na pista ruim por lerdeza minha.


Chegando em Rain você precisa atravessar o Lech pq Donauwörth fica p esquerda e para isso: na Kraftwerkstrasse você anda em direção ao rio (segue a placa do Tillyweg) e entra "na barragem" através de uma porta sem sinalização. Suba a escada tenebrosa e atravesse a ponte, aprecie a vista por uns minutinhos (sua perna provavelmente já estará queimando)... (Algumas pessoas não atravessam nesse trecho e pedalam até o encontro do Lech com o Donau, mas a fome e a vontade de chegar em Donauwörth estavam grandes demais.)


Pronto, agora você liga o GPS e digita Donauwörth ou tira o mapa do bolso pq senão vc vai fazer m***a, a gente ficou andando em estrada sem acostamento e sem ciclovia por pelo menos uns 5 km (pegamos a via "16", não imite!).

E aí você chega em Donauwörth e começa a discutir com o namo pq cansaço + fome não combinam. De repente, o (mini) centrinho fofíssimo da cidade (de duas ruas) não tem a menor graça pq tudo o que você quer é achar um Burger King ou um McDonalds e você descobre que eles ficam perto da Bahnhof a 2 km da Altstadt...
e já está tarde (mais de 15:00)...
e vai ficar escuro na hora da volta...
e o Bayern-Ticket ficou em casa...
e você não quer gastar com trem se pode pedalar...
e o peso na consciência do King des Monats está te matando (pela primeira vez comi um menú inteiro, ó céus)...
e você queria pedalar 250 km ao redor do Bodensee e não pode demonstrar fraqueza pro namo (pq sim, ele vai jogar na sua cara quando vc vier com a próxima idéia de passeio "esportivo").


E você junta todas as suas forças e fala tentando esconder a cara de dor: "então vamos voltar né namo??" ...e ainda sorri aquele sorriso natural...

E assim foi.. voltamos por outro caminho (mil vezes melhor, asfaltado e sinalizado) pelo outro lado do Lech, passando por:
- Mertingen
- Nordendorf
- Meitingen
- Langweid am Lech
- Gersthofen

A única coisa desanimadora na volta é encontrar três placas em meia hora, todas dizendo: "Augsburg - 33 km". Acho que é pegadinha pra desanimar turista... como assim a gente não andou nemhum km em meia hora??!

Chegamos em casa 19:15 só o bagaço e, como a fome estava voltando, resolvi fazer sushi e ficar mais 3 horinhas na cozinha em pé... (aos poucos estou entendo pq o namo acha q tenho problemas...)


Depois de 100 km pedalando (e um bumbum que não me deixa sentar e joelhos que não me deixam ficar em pé) percebi que São Pedro não aprontou uma peça comigo fazendo cair o mundo hoje, ele só quis me ajudar e me trazer bom senso: "Não mão-de-vaca, você não é tão fit quanto pensa e não aguenta os 250 km no Bodensee em três dias...". E agora vou aproveitar o dia chuvoso pra planejar a rota de bike para o passeio de amanhã huhuhu (masoquismo mode on).