sábado, 19 de dezembro de 2015

Tchau emprego antigo!!

E depois de sumir maaaaaaaaais uma vez, cá estou eu J

Antes de entrar de férias do novo emprego (sim, eu trabalho até dia 23…), resolvi compartilhar um pouco do que se passou na minha saída da última empresa (algo que ainda estou digerindo, tenho que assumir).

Depois de um bom período desempregada ano passado (quem acompanha sabe), voltei a trabalhar em outubro de 2014 muito muito muiiiiiiiiito empolgada (mesmo sendo longe do namo). Com o tempo o meu chefe foi ganhando confiança, fui aprendendo cada vez mais, ganhando mais responsabilidades e no meio desse ano estava cansada mas muito feliz e realizada com meu trabalho. Os colegas também eram ótimos e eu realmente acordava feliz e disposta, mesmo sabendo os pepinos que me esperavam no dia ou na semana.

Acontece que, assim como não se vive só de amor (aprendi do jeito doloroso: ficando desempregada e muitoooo entediada rs), emprego também não é tudo. Meus finais de semana passaram a ser bem meia boca, eu morria de saudades do namo e me sentia bem sozinha. Também sabia que como terceirizada não podia esperar até o projeto acabar à espera de um milagre: meu futuro na empresa era incerto demais então, antes de acabar na rua chorando as pitangas, passei a olhar o mercado de trabalho.

Em quatro anos e meio de relacionamento à distância encontrei pouquíssimas vagas na minha área "Engenharia Ambiental" (estava procurando em meio ambiente ou sustentabilidade ou segurança ou qualidade / sistema de gestão). Quando você está presa à uma cidade por causa de alguém (no caso o namo, que tem um super emprego), fica muito mais difícil.


E eis que em Agosto de 2015 aparece uma vaga não exatamente na minha área, mas super interessante, em uma empresa grande, e eu preenchia todos os requisitos. Não pensei duas vezes e me candidatei (mesmo achando meio cedo já que meu contrato como terceirizada ia até janeiro de 2017). E não é que me chamaram para uma entrevista?? Não consegui a vaga para qual me candidatei, mas uma outra em um departamento "amigo" (para trabalhar junto com a menina que conseguiu a vaga que eu tinha em mente huhuhu).

A candidatura foi dia 01.08.2015 e o contrato foi assinado dia 18.10.2015 para que eu começasse dia 01.12.2015 (quatro meses entre candidatura e início, por isso recomendo: se candidate pelo menos três meses antes!!).

Só avisei os colegas um mês antes de sair e foi bem chato (ficou um mega silêncio na sala de reunião). A maioria ficou bem feliz por mim pois todos sabiam que eu era terceirizada e que tinha meu relacionamento à distância há anos, mas mesmo assim fiquei me sentindo muito mal poir "deixá-los na mão". Tirei férias picadas (tinha onze dias ainda em novembro) para tornar minha saída menos dolorosa e para ajudá-los a achar alguém antes de sair (infelizmente não achamos tão rápido, até onde sei ainda estão procurando). 

Fiz tudo o q consegui nas minhas últimas semanas e um dia antes do último dia fiz meu Ausstand: gastei uma pequena fortuna em uma padaria boa (Nussplunder, Vanilleschnecken, Berliner, Laugen-Butter-Stangen) e convidei os colegas para um "café". Dica do ano: vc pode abater Einstand e Ausstand do imposto! (é só ter comprovante, por exemplo a Einladung com a confirmação de presença dos colegas e a notinha com os gastos, a famosa Quittung).

Ainda bem que não fui Mão de Vaca no meu Ausstand, teria morrido de vergonha... os colegas fizeram uma vaquinha e ganhei um buquê lindo, um vinho alemão bom, um cartão com uma mensagem mega bonitinha e assinaturas e o principal presente: um vale viagem da "urlaubsbox" para duas pessoas (pernoite de duas noites com café da manhã que vale para vários hotéis e cidades da europa) com validade de três anos para que eu comemore a nova etapa com o namo.... Não chorei na hora (acho que fiquei meio em choque), mas ME ACABEI de chorar no dia seguinte na hora de dar tchau de verdade.... do tipo MEGA ULTRA PEINLICH mm. Chorei quatro vezes e só parei quando cheguei no tram (sente o drama).

E assim, no dia 26.11.2015 me despedi de Mannheim pela terceira vez e do antigo emprego mit einem weinenden und einem lachenden Auge... e que o mundo continue sendo lindo comigo e conosco.... OBRIGADA VIDA! 2016, vemnimim!